WWDC Apple 2016: processo acima do produto

thi wwdc2016

Um dos meus filhos viaja para a Apple Special Event WWDC 2016 e vai daí que eu resolvo assistir, pelo link, a conferência magna que aconteceu hoje. Afinal, aprendi com meus filhos (desenvolvedores Apple) que, muito além dos novos produtos, o mais importante de um desenvolvedor Apple é seu mindset sempre à frente. É a natureza pró-ativa e protagonista de pensar e desenvolver muito além do produto: é pensar num novo modelo de oferecer o processo, a experiência.

A experiência de compartilhar à distância uma grande conferência como essa sobre inovação, tecnologias, mudanças, e novos produtos que afetam ao mundo todo foi impressionante. Mas, ainda mais impressionante não foram os novos produtos apresentados. Foi perceber o processo que guia essa empresa e como ela trata o processo de liderança e criatividade que sustenta no mercado de tecnologias.

Aprender com as entrelinhas dessa riquíssima apresentação do primeiro dia é o que me deu a inquietação de compartilhar. Cá estamos, você, leitor, e eu. Peço que acompanhe meu raciocínio (e se puder, assista também às novidades, com outros olhos). Vamos lá…

1- Compartilhar a trajetória da empresa para um desenvolvimento colaborativo ao redor do mundo

wwdc-1

É característica da Apple os encontros mundiais com seus desenvolvedores para apresentar as novidades. Dividir para multiplicar é um mindset que transformou-se em um dos principais comportamentos de empresas e profissionais de sucesso. E daí a relevância da máxima que transformou a empresa e seus colaboradores em líderes natos: “não vendemos um produto, oferecemos a experiência”.

2- Ousar o sonho maior de todos, o vôo mais alto, preparar-se com qualidade para um auditório gigantesco lotado

wwdc-2

É de encher os olhos quando a câmera transita pelo auditório. Na tela desproporcionalmente gigantesca (em relação ao apresentador), o reflexo da grandeza almejada e alcançada pelo trabalho sério, ano a ano. Pela capacidade de estar sempre um passo à frente, a cada novo produto e nova atualização. A simplicidade e criatividade das composições de logos, imagens, símbolos e mensagens a serem transmitidas. Cada minuto contém uma aprendizagem empreendedora, para olhos que sabem ver.

A cada passagem das câmeras de transmissão pelo auditório, pode-se perceber que há muitos mais empreendedores e afiliados da empresa do que se imaginava. São todos os continentes representados e, embora a faixa etária seja predominantemente da Geração Y e Z, há muitos representantes da Geração X, ousados e presentes.

No palco, o comando da Geração Boomers, que harmoniosamente se alternam com todas as novas gerações, que os sucederão breve. Uma grande lição de cooperação mútua, respeito, coletividade, cocriação e empreendedorismo a ser aprendida, muito diferente do que vemos sendo propagado por aí, nas mídias sociais, por empreendedores de palco. É… Quem é grande tem grandes comportamentos. Só isso.

3- Swift: a linguagem que fez a Apple imbatível nos últimos tempos

wwdc-3

Lembro quando a Apple lançou a Swift, em 2014. Meus filhos estavam no Brasil, acompanhando o lançamento das novidades daquele ano, e eu só ouvi “lá se vão meus próximos finais de semana, até aprender e dar conta disso!”. Era o início de uma boa revolução no mundo da linguagem de programação.

Swift é uma linguagem de programação consistente e intuitiva, desenvolvida pela Apple para a criação de apps para iOS, Mac, Apple TV e Apple Watch. Ela foi criada para dar ainda mais liberdade para os desenvolvedores. Uma linguagem fácil de usar e em código aberto, para que qualquer pessoa com uma boa ideia consiga fazer coisas surpreendentes. E fizeram! Como fizeram…

Os desenvolvedores não foram os únicos que perceberam o potencial da linguagem Swift. Algumas das melhores universidades e instituições acadêmicas estão ensinando Swift nos cursos de programação em computador e oferecendo cursos gratuitos no iTunes U. Nunca foi tão fácil passar das noções básicas de código à programação profissional.

Hoje foi apresentada a Swift 3: The powerful programming language that is also easy to learn. Swift 3 is a thorough refinement of the language and the API conventions for the frameworks you use every day. These improvements make the code you write even more natural, while ensuring your code is much more consistent moving forward. For example, select Foundation types such as the new Date type are easier to use and are much faster than previous releases, and the Calendar type uses enums to feel more at home within Swift.”

Os conceitos chave, desde 2014 com a Swift na primeira versão, reforçam o que tem movido a empresa: conquiste colaboradores, abra espaço para que todos compartilhem sua criatividade e suas ideias, não filtre nada, e você terá conquistado o usuário pela experiência de cocriação. O preço deixou de ser do produto, e passou ao valor do processo, à experiência. E todos sabem que você pode até comparar produtos, mas experiências são únicas e não têm preço, têm valor. Ponto pra maçã!

4- Swift Playgrounds e os desenvolvedores do futuro

wwdc-4

Mas a meu ver, o grande lançamento mesmo não foi nem a Swift 3, nem tampouco a versão Swift Playgrounds enquanto produto. Foi a visão da Apple em considerar que a mudança de geração em seus desenvolvedores traz em seu bojo uma mudança de visão do mundo, da tecnologia, do relacionamento com a tecnologia e, finalmente, a mudança da relação entre tecnologia e educação.

wwdc-6

A visão de futuro da Apple, implícita no discurso de hoje, mostra que os novos tempos chegaram. Brinco sempre em minhas aulas, cursos e palestras, que os Millenium nasceram chorando em 140 caracteres. Hoje ficou claro que, em muito pouco tempo, haverá uma outra linguagem de expressão de ideias, trabalhos, conceitos e criatividade: a linguagem de programação, a lógica da programação já está encantando e desenvolvendo os futuros desenvolvedores da Apple. Muitos deles lá, no auditório, em largos sorrisos e brilho nos olhos. Fascinante de ver essa transformação acontecendo…

wwdc-8

Muito mais que uma empresa de tecnologias, a Apple vem se transformando em uma alavanca de mudanças e de transformações, que cresce exponencialmente a cada geração. Hoje entendi o porquê. O merecido porquê.

Assistindo ao vídeo você também entenderá que o projeto do Swift Playgrounds visa ganhar espaço nas escolas do mundo, oferecendo a aprendizagem de programação de forma intuitiva, praticamente um jogo que ensina lógica, sequências, criação, transformação.

wwdc-9

As crianças de amanhã, assim como os Millenium hoje, terão trilhas de raciocínio muito mais amplificadas que as minhas, que as nossas. E isso se refletirá em todos os níveis de organização da sociedade, em todas as áreas do conhecimento. Mas pensando em educação superior, que é a minha praia, é passado do momento de promover disrupções importantes em salas de aula.

5- Lições de futurismo e empreendedorismo a serem aprendidas

O modelo professor-slide power-point não poderia estar mais surrado, desagastado e superado, embora a grande maioria dos professores do ensino superior ainda se agarre a ele. Aliás, escrevi sobre isso semana passada (dá uma olhada lá!).

Sou da opinião que, num naufrágio você tem duas opções: ou aprender a dar braçadas, que se transformarão em nado para manter-se na superfície, ou agarra-se a um pedaço-de-qualquer-coisa até que tudo à sua volta tenha mudado de lugar e não reste outra alternativa senão sair nadando também… Só que atrasado e sem companhias. Aliás há uma terceira opção: afundar feito pedra. E esse comportamento de ensinar-professor-centrado já está superado pelo novo comportamento aprendizagem-estudante-centrada. Percebeu a diferença? Ensino é diferente de aprendizagem, em nomenclatura e atitude. Passei do ensino de conteúdos à condução da aprendizagem dos conhecimentos muito antes da palavra empreendedorismo constar como verbete em dicionários. E isso vem de dentro… Ainda bem! Porque agora, tem que vir de fora, como necessidade daqueles que querem manter-se atuantes na carreira do magistério superior. Aliás, do magistério como um todo.

A Apple suscitou muitas reflexões em mim em pouco mavatar euenos de duas horas de apresentações. Mas veja, caro colega leitor, não foram os PRODUTOS que me instigaram as reflexões, e sim, o PROCESSO que a empresa adotou como mindset de negócio. É esse mindset que eles gerenciam tão bem, de forma tão limpa quanto suas logos e apresentações, e que apontam para os caminhos de mercado de trabalho, comportamentos, habilidades e atitudes que os profissionais do futuro (muito próximo) enfrentarão e terão de desenvolver. E isso sim, é minha praia, é de meu interesse, pois se reflete em como devo preparar meus estudantes de hoje, que levarão quatros longos anos de formação para chegar a um mercado de trabalho crescendo e evoluindo anualmente em progressão geométrica.

Não há mais tempo nem espaço para procrastinar a mudança de atitudes nas salas de aulas do ensino superior. O que vínhamos apontando como tendências nos últimos dois anos, acabou por se tornar fato inexorável. Pronto, aconteceu. E agora? Agora, não sei o que você vai fazer, mas eu já estou fazendo: preparando meus estudantes com metodologias ágeis e criativas, compartilhando o processo de aprendizagem, trabalhando com planejamento colaborativo de ensino-aprendizagem. Isso os fará sujeitos mais preparados, ao menos enquanto estão ao alcance do meu poder de persuasão de passar de “a-luno” (sem luz) para protagonizar o “estudante” (aquele que estuda).

Como fazer isso? Bom… Como a Apple, dou uma dica, mas deixo a experiência para uma nova apresentação!

wwdc-10

 

 

 

Um comentário em “WWDC Apple 2016: processo acima do produto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s